Foto: Reprodução.
///

Anestesista é investigado por seis estupros, segundo delegada responsável pelo caso

Começar

Nesta terça-feira, 12, a delegada Bárbara Lomba, responsável pelas investigações das acusações contra Giovanni Quintella Bezerra, preso em flagrante por estuprar uma paciente durante uma cirurgia de cesárea, afirmou que ele é investigado por seis estupros.

Em declaração à imprensa, a delegada informou que os três casos do dia 10 se somaram a mais três depoimentos de mães que foram pacientes de Giovanni no mesmo hospital.

Os casos investigados até o momento são:

  • 3 casos referentes ao dia 10 de julho (incluindo o filmado)
  • 3 vítimas que procuraram a delegacia até esta terça após a repercussão do caso, inclusive de outro hospital

Outro ponto comentado pela delegada foi um possível pedido de teste de sanidade mental, o que ela rechaçou. “Já está comprovado pelo prontuário, inclusive, que ele passou em visita a vítima, preencheu um prontuário sobre as condições da vítima. Então é uma pessoa completamente capaz. Ele exercia normalmente a medicina. Vamos evitar chamá-lo de doente”, afirmou.

Bárbara Lomba já havia afirmado que Giovanni pode ser considerado um “criminoso em série”, uma vez que o comportamento do anestesista leva a crer que mais mulheres foram vítimas de abuso.

Deixe sua resposta

Your email address will not be published.

Fechar AD