////

‘Bicicultura’: Evento nacional sobre ciclomobilidade acontece em Belém e vai te ensinar a pedalar!

Começar

Voltado para aqueles que querem saber mais sobre mobilidade ativa, ou seja, sobre a locomoção com bicicleta e outros transportes não-motorizados, acontece esse fim de semana em Belém o evento nacional “Bicicultura”. O tema será “Pedalar é preciso. Amazônia, necessária!” e terá palestras, shows e oficinas, o evento nacional, que também terá atividades para crianças, será realizado de 7 a 10 de julho.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Coletivo ParáCiclo (@coletivoparaciclo)

Sendo realizado em diversas cidades do Brasil, o evento acontece pela primeira vez na região norte do país. O Bicicultura, que é formado pelo Encontro Brasileiro de Mobilidade por Bicicleta, e Cicloativismo é o maior evento anual de celebração do uso da bicicleta nas cidades brasileiras.

Entre os temas, são debatidas formas de deslocamento mais sustentáveis pelo país. Em Belém, também vai acontecer um festival cultural com shows de artistas locais. Tudo será feito de forma gratuita, mas é necessário se inscrever no site dos organizadores que você encontra clicando aqui.

PALESTRANTES DE TODO O BRASIL

O Bicicultura é gratuito e terá palestrantes de vários locais do país distribuídos em todos os dias de evento. A coordenadora do evento do Coletivo ParáCiclo, Daniele Queiroz, falou sobre a primeira realização do Bicicultura na capital paraense: “É um evento de livre acesso para a população interessada nesta pauta, Belém receberá pessoas de todo país, representantes de entidades renomadas no debate da mobilidade ativa, e para que seja um evento acessível a todos os interessados, as atividades do projeto são gratuitas, e de livre acesso da população em geral”, conta Daniele.

ESPAÇO INFANTIL
O Biciculturinha é um espaço dedicado às crianças. A presença dos pequenos nos espaços de debate e de decisões sobre a cidade é extremamente necessária. “Muito se fala sobre a importância das crianças no planejamento das cidades. Por isso garantimos que a programação também fosse interessante para elas”, explicou a coordenadora geral do ParáCiclo, Rejane Cruz. Durante a programação o Biciculturinha contará com leitura de livros infantis, desenhos, pinturas e brincadeiras realizado por monitoras nos horários da manhã e tarde. Na sexta-feira (08), às 15h, ocorrerá a Oficina Dobraduras Brincantes com Simone Jares. No sábado (09), às 11h, a diversão será com o Palhaço Claustrofóbico e o espetáculo: peripécias apaixonadas de um palhaço romântico.

TEM BICICLETAS E MUITA MÚSICA

Todas as noites, a partir de 19h, acontece a programação cultural, com apresentações de bandas, dj’s e rodas de carimbós, na área aberta da Fundação (Praça do Povo). O primeiro dia (07) será com a apresentação do Grupo Carimbolando (19h), seguido do show de Layse e os Sinceros (20h40). Na sexta feira (08) a programação noturna segue com Dj Jack Sainha (19h) e Batucada Misteriosa (20h40). No sábado (09) o festival encerra com a participação da Dj Rebarbada (19h) e show de guitarrada com Félix Robatto (20h40). Todo o evento é aberto ao público e gratuito.

SIM, VÃO TE ENSINAR A PEDALAR!

No primeiro dia do evento, a atividade que inicia os trabalhos será a Escola Bike Anjo – EBA. A atividade de ensinar a pedalar será realizada no estacionamento do shopping Pátio Belém, no horário de 10h às 12h. À tarde, às 14h30, o Bicicultura terá a abertura oficial na Fundação Cultural do Pará, com a apresentação do artista Cleber Cajun, além de mesa principal, com a Comissão de Trânsito da OAB Pará, da Prefeitura de Belém, e da União de Ciclistas do Brasil e Coletivo ParáCiclo. A mediação da mesa será realizada pela historiadora, indigenista e ecofeminista da Amazônia, Cristina Ribeiro. Também acontecem palestras, oficinas e rodas de conversa.

PROGRAMAÇÃO:

Você confere a programação completa de todos os dias do evento clicando aqui.

Realizado pelo Coletivo ParáCiclo e União de Ciclistas do Brasil (UCB), o evento tem o patrocínio do Instituto Clima e Sociedade – iCS, Tembici, Pátio Belém e SEMOB. Também possui parceria da Fundação Cultural do Pará e da Fundação Cultura do Município de Belém – Fumbel.

Deixe sua resposta

Your email address will not be published.

Fechar AD