/

BT Mundo | EUA diz que Rússia pode invadir Ucrânia a qualquer momento

3 minutos lidos

Os Estados Unidos pediu que cidadãos americanos que estão na Ucrânia deixem o país nas próximas 48 horas. A saída do local é por uma eminente especulação de invasão. A Rússia pode invadir a Ucrânia nos próximos dias. Quem faz a afirmação é o conselheiro de Segurança Nacional dos Estados Unidos, Jake Sullivan. A tenção na Ucrânia voltou a aumentar nos últimos meses. O país que fica localizado no leste da Europa e tem mais de 44 milhões de habitantes, hoje está com os olhos de todo o mundo voltados para ele.

Anúncios

Segundo o conselheiro, o presidente da Rússia, Vladimir Putin, deve ordenar a invasão da Ucrânia antes do fim da Olimpíada de inverno, que estão acontecendo na China. “Entramos em uma janela na qual em qualquer dia uma ação militar russa pode ocorrer”, disse Sullivan.

Conselheiro de segurança do governo americano, Jake Sullivan, em entrevista coletiva na Casa Branca nesta sexta-feira, 11. Imagem: Reprodução internet

O presidente americano Joe Biden conversou por videoconferência no dia de hoje, 11, sobre a crise enfrentada na Rússia com os líderes de Reino Unido, Canadá, França, Alemanha, Polônia e Romênia, além dos chefes da Otan e da União Europeia (UE). Outros países como Japão, Holanda e Coreia do Sul também pediram que seus cidadãos deixassem a Ucrânia.

O presidente dos Estados Unidos declarou durante uma entrevista para a NBC News: “Os cidadãos americanos deveriam sair agora. As coisas podem acelerar rapidamente”. Biden citou que 100 mil soldados russos se deslocaram para a região da fronteira com a Ucrânia e que mais tropas estariam chegando.

Em reunião, Biden disse que teme pela segurança da Europa e afirmou a necessidade de “um pacote pesado de sanções econômicas pronto para ser lançado, caso a Rússia tome a decisão devastadora e destrutiva de invadir a Ucrânia”. Já Moscou, disse que as respostas enviadas esta semana pela União Europeia e pela Otan às suas demandas de segurança mostravam “desrespeito”.

Anúncios
Soldados ucranianos carregam mísseis antitanque entregues pelos EUA na região de Kiev — Foto: Efrem Lukatsky/AP Photo

“Um ataque russo à Ucrânia pode começar a qualquer momento e provavelmente iniciará com um ataque aéreo”, disse o conselheiro da casa branca hoje, 11, em entrevista coletiva.

Deixe sua resposta

Your email address will not be published.

Anúncios