//

BT PET | Alzheimer em animais: atenção para os cuidados com seu pet idoso

3 minutos lidos

Fevereiro Roxo é o mês da campanha de conscientização e orientação aos problemas de saúde que são principalmente relacionados aos seres humanos como o Alzheimer e leucemia. Mas o movimento também chama a atenção para a saúde dos Pets idosos especialmente para as doenças neurodegenerativas. 

Anúncios

O mês de fevereiro serve também como alerta para a conscientização sobre o cuidado com animais idosos e sobre as formas de oferecer bem-estar para eles nessa fase da vida.

A síndrome da disfunção cognitiva canina (SDCC) mais conhecida como “Alzheimer”, causa várias disfuncionalidades no comportamento de cães e gatos, como por exemplo, alteração no aprendizado, a interação com o ambiente e a resposta a estímulos básicos, causando inclusive o esquecimento de membros da família. 

Por se tratar de uma doença que se agrava com o tempo, ficar atento ao comportamento do animal é fundamental para que o médico veterinário seja acionado e assim proporcionar uma maior qualidade de vida para o pet.  Confira abaixo alguns comportamentos que se deve ficar atento: 

• Mudanças bruscas de comportamento

Anúncios

• Ansiedade/ Inquietação

• Desorientação: o pet fica confuso em ambientes familiares

• Não reconhecer pessoas familiares

Anúncios

• Vocalização excessiva, especialmente à noite

• Esquecer comandos e treinamentos que seguiu a vida toda

Anúncios

• Fazer as necessidades em locais inadequados

• Aparição de novos medos e fobias

• Intolerância a brincadeiras e atividades, em geral

Como prevenir? 

Infelizmente, não existe uma forma 100% certa para garantir que seu pet não sofrerá doenças neurológicas durante a velhice. No entanto oferecer estímulos físicos e mentais que instiguem o instinto natural do animal, como por exemplo, corridas, brincadeiras de caçar objetos, jogos de memória e contato com a natureza, são essenciais para a prevenção da disfunção. 

Além disso, oferecer uma alimentação equilibrada, de qualidade e fazer check-ups regulares ao médico veterinário também são fundamentais para garantir não só a prevenção, mas como uma vida de maior qualidade para o seu pet.

Assim como nós, humanos, estamos passíveis de desenvolver doenças neurodegenerativas, com os cães e gatos também não é diferente. Portanto, levante essa bandeira do fevereiro roxo também para  saúde animal. 

Deixe sua resposta

Your email address will not be published.

Anúncios