//

Carluxo na Rússia: Filho do presidente estaria fazendo o trabalho de “social media” do Governo

O filho do presidente é vereador no Rio de Janeiro

3 minutos lidos

Carluxo foi para a Rússia. O filho “02” do presidente e vereador do Rio de Janeiro, Carlos Bolsonaro (Republicanos), esteve presente na viagem para a Rússia feita pelo presidente. Com o argumento de que “Ele mexe nas redes sociais do governo” o vereador foi defendido por seu pai, o presidente Bolsonaro.

Anúncios

Entretanto, o argumento não parece ter sido convincente, pelo menos não para o senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), que protocolou nesta sexta-feira, 18, uma representação ao ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal – STF, solicitando que seja investigada a participação de Carlos Bolsonaro na comitiva presidencial. Carluxo, como é conhecido, não tem cargo no Palácio do Planalto. 

Imagem de Carlos Bolsonaro na comitiva presidencial. Imagem: reprodução internet

Na petição do senador contra o filho de Bolsonaro, também é solicitada a investigação da participação do assessor Tercio Arnaud na viagem. Arnaud,  é conhecido por fazer parte do “gabinete do ódio”. Na petição, é pedido que Carlos e Arnaud prestem depoimento no âmbito do inquérito dos atos antidemocráticos, inquérito esse que o ministro Alexandre de Moraes é o relator.

“Qual é a verdadeira razão para uma viagem à Rússia em momento internacional tão delicado, com ausência de ministros e a presença de numerosos integrantes de seu gabinete do ódio, e no início do ano eleitoral, cujo pleito, ao que indicam as pesquisas de intenções de votos e de rejeição ao governo até o presente momento?”, questiona o senador Randolfe Rodrigues na peça.

O inquérito dos atos antidemocráticos tramita no STF e apura a atuação de grupos bolsonaristas nas redes sociais que disseminam notícias falsas.

Anúncios

BOLSONARO DISSE QUE O FILHO “TRABALHOU NAS REDES SOCIAS”

Questionado sobre a presença de Carlos na viagem, o presidente declarou que o vereador “se comporta, não tem qualquer despesa e trabalhou em nossas redes sociais”.

“Ele se comporta, com todo respeito aos meus ajudantes de ordem, melhor que meus ajudantes de ordem. Ele dorme no meu quarto, não tem qualquer despesa e que trabalhou ontem comigo até de noite com nossas redes sociais prestando informações a todos do Brasil. O conteúdo que nós postamos no Facebook, Telegram, Twitter, em grande parte passa pelo crivo dele. É uma pessoa que não ganha nada do governo federal, é um vereador do Rio de Janeiro e essa noite, inclusive, ele votou em praticamente tudo o que acontecia na Câmara Municipal” Disse Bolsonaro em entrevista a Jovem Pan

Anúncios

Deixe sua resposta

Your email address will not be published.

Anúncios