/

Edir Macedo causa polêmica ao sugerir que fiéis doem seus bens à Igreja antes de morrer

Começar

O bispo Edir Macedo, de 77 anos, líder da Igreja Universal do Reino de Deus (IURD) e proprietário do Grupo Record, causou polêmica nas redes sociais ao sugerir que fiéis doem os próprios bens à Igreja Universal antes de morrer.


Bispo Edir Macedo. Foto: Reprodução/Instagram

A fala do líder religioso aconteceu durante uma live para os seguidores do bispo e tem gerado discussão nas redes sociais. O bispo afirmou que as doações seriam “uma forma de agradar a Deus”.

Não há informações sobre quando a live foi exibida, entretanto, a fala circulou nas redes no início desta semana, sendo amplamente compartilhada em perfis tanto no Instagram quanto no Twitter.

No recorte do vídeo, Edir Macedo diz: “Você meu amigo, minha amiga, senhor, senhora, pessoas que tenham bens, propriedades, que tenham riquezas, preste atenção, se você quer fazer algo que agrade a Deus, que vá beneficiar outras pessoas, antes de você morrer, antes de você passar para a eternidade, deixe o que você tem para a igreja”.

“Envolver, ou melhor estimular ou avançar o trabalho de evangelização com essa missão de levar o Evangelho para outras criaturas. Tudo que supostamente é meu, não é meu, não tenho nada. Já está preparado para dar continuidade nesse trabalho de evangelização… Deus se agrada dessa oferta”, disse líder religioso.

Veja o vídeo:

Deixe sua resposta

Your email address will not be published.

Fechar AD