///

Em ato, trabalhadores da rede estadual de educação armam tenda na Almirante Barroso

2 minutos lidos

Trabalhadores da educação da rede estadual de ensino fazem uma paralisação das atividades nesta sexta-feira, 18. Eles se reúnem sob uma tenda na via frente à Secretaria Estadual de Planejamento (Seplad), na Avenida Almirante Barroso com a Travessa do Chaco, em Belém.

Anúncios
Trabalhadores da educação do estado fazem ato na aveida Almirante Barroso. Foto: Reprodução/Redes Sociais

De acordo com o Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras da Educação Pública do Pará, eles reivindicam o reajuste geral da categoria, o Plano de Cargos e Carreiras (PCCR) unificado, a implementação da jornada com hora atividade e as reformas das escolas.

Os trabalhadores também alegam que o reajuste do Piso 2020 foi uma “manobra” que reduziu a folha “sob a justificativa de que assim o governo poderia pagar os pisos vindouros”. 

O Sintepp afirma que as atividades letivas de 2022 só iniciarão após o pagamento do piso salarial do magistério.

A Polícia Militar e agentes da Semob estão no local.

Anúncios

Solicitamos um posicionamento da Secretaria de Estado de Planejamento e Administração (Seplad), que informou que o valor do reajuste salarial, que será concedido ao funcionalismo público, segue em estudo financeiro e orçamentário.

Leia a nota na íntegra:

“A Secretaria de Estado de Planejamento e Administração (Seplad) informa que o  valor do reajuste salarial, que será concedido ao funcionalismo público segue em estudo financeiro e orçamentário, de acordo com a revisão geral para o ano de 2022”.

Anúncios

Deixe sua resposta

Your email address will not be published.

Anúncios