///

Greve de ônibus: rodoviários da empresa Monte Cristo paralisam atividades nesta segunda-feira, 25

Começar

Os trabalhadores rodoviários da empresa de transporte Monte Cristo anunciaram a paralisação das atividades no início da manhã desta segunda-feira, 25. 

Rodoviários da empresa Monte Cristo anunciaram a paralisação das atividades Imagem: Divulgação Sintrebel

Segundo os trabalhadores, o motivo seria o atraso no pagamento de salários, e benefícios trabalhistas. A empresa tem cerca de 700 trabalhadores, e a greve dos funcionários foi anunciada pelo Sindicato dos Trabalhadores Rodoviários de Belém, o Sintrebel.

Os ônibus da Monte Cristo atendem cerca de 10 mil usuários por dia. Não há previsão para o fim da paralisação.

CRISE FINANCEIRA:

Em nota, o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros (Setransbel) afirma que “acompanha a paralisação dos funcionários da empresa Monte Cristo anunciada pelo Sintrebel, tendo em vista o atual cenário financeiro do sistema que mensalmente tem um prejuízo que ultrapassa os R$18 milhões. O desequilíbrio financeiro das empresas é provocado pela redução na tarifa técnica e tem impossibilitado honrar com os custos elevados do sistema de transporte. A deficiência no setor vem sendo agravada e o reflexo é a escassez de recurso das empresas para cumprir os devidos pagamentos, em razão da falta de determinação das desonerações e subsídios previstos pela Prefeitura de Belém que iriam repor a tarifa técnica estabelecida em R$ 5,01 pela Semob, e aprovada pelo Conselho de Transporte. Devido ao prejuízo mensal que afeta o sistema, ações que poderiam melhorar a prestação do serviço, como a renovação da frota e qualidade acabam sendo impedidas.” afirmou o sindicato em nota.

O Setransbel afirmou também que “a redução do ICMS não beneficiou o preço do diesel, que permanece em 17%. O que não acompanha a inflação. No entanto, também devemos levar em consideração o aumento de vários itens da operação, como pneus, manutenção, salário, custo dos combustíveis, peças para manutenção dos veículos que se tornaram mais caras, e tudo isso tem sido pouco custeado por meio da tarifa de R$ 4,00 reais, que é insuficiente para a manutenção do sistema”.  concluiu.

LINHAS DA MONTE CRISTO EM BELÉM E REGIÃO:

As linhas de ônibus da viação Monte Cristo são:

Sacramenta – Humaitá;

Sacramenta – São Brás (Paraíso Dos Pássaros);

Sacramenta – Pres. Vargas;

Pedreira – Nazaré;

Pedreira – Lomas (Linha A, linha B e seletivo);

Marex – Arsenal;

CDP/Providência – Ver-o-Peso.

SEMOB

 A Semob disse em nota que está sensível à manifestação da categoria e que as pautas apresentadas pelos rodoviários da empresa dizem respeito às questões trabalhistas, uma relação restrita entre  empregador e empregado.

A Superintendência diz ainda que acompanha o caso para assegurar que a empresa garanta o pronto restabelecimento da prestação do serviço, inclusive com a aplicação das devidas penalidades, durante o período de paralisação. Para não deixar os usuários desassistidos, há uma determinação da autarquia para que outras empresas, com linhas que têm itinerários sobrepostos aos da MonteCristo, reforcem suas frotas enquanto durar o movimento grevista.

Deixe sua resposta

Your email address will not be published.

Fechar AD