//

Menina de cinco anos morre e bebê fica ferido em acidentes envolvendo linhas com cerol

Começar

Dois acidentes envolvendo linhas de pipa com cerol foram registrados essa semana na região metropolitana de Belém.

No bairro do Paar, em Ananindeua, uma menina de 5 anos de idade morreu ao ser atingida por uma linha de pipa com cerol. Ela estava na garupa da bicicleta do pai quando foi ferida e teve o pescoço cortado pela linha. A menina, identificada como Yasmin da Rocha, foi socorrida e levada para a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) do Icuí, entretanto não resistiu e faleceu no hospital.

Um adolescente, que não teve idade informada, era quem estava empinando a pipa encerada. Ele foi apreendido e conduzido até à Divisão de Atendimento ao Adolescente (Data). Entretanto, por ser um menor de idade, o suposto envolvido deverá responder por ato infracional análogo a homicídio.

BEBÊ FERIDO NO BAIRRO DA PEDREIRA


Outro caso também registrado esta semana envolveu um bebê de apenas 1 ano que foi atingido também por linha de cerol, na última quarta-feira, 6, no bairro da Pedreira, em Belém. A criança teve o pescoço cortado quando saía de um carro enquanto era carregado pela mãe.

O menino foi socorrido pelo motorista do carro, que era de aplicativo. o homem levou a criança e a mãe para o hospital. Ele ficou ferido, mas se recupera. Até o momento, o responsável pela linha não foi identificado.

CEROL É PROIBIDO POR LEI NO PARÁ

O uso, armazenamento, fabricação e venda de linhas com cerol estão proibidos no estado desde o fim do mês de maio deste ano. A lei foi sancionada pelo governador do estado, Helder Barbalho.

Deixe sua resposta

Your email address will not be published.

Fechar AD