///

Ministério da Saúde confirma primeira morte por varíola dos macacos no Brasil

Doença já tem mais de mil casos no Brasil e é tratada como surto.

Começar

O Ministério da Saúde confirmou, nesta sexta-feira, 29, a primeira morte por varíola dos macacos no Brasil. O óbito do paciente foi registrado na cidade de Uberlândia (MG) nesta última quinta-feira, 28. As informações são do portal UOL.

O paciente que faleceu era um homem com baixa imunidade. Não há mais detalhes divulgados sobre o caso.

Até o momento, foram confirmados 1.066 casos da doença no país, a grande maioria deles nos estados de São Paulo e Rio de Janeiro.

O ministério da Saúde está tratando a doença como surto, que é o primeiro estágio da evolução de contágio, antes de epidemia e pandemia.

Nesta semana, também foi confirmado na cidade de São Paulo os primeiros casos da doença em crianças no Brasil.

A doença foi detectada em 15 estados e no Distrito Federal; Veja os números de casos:

  • São Paulo (744)
  • Rio de Janeiro (117)
  • Minas Gerais (44)
  • Paraná (19)
  • Distrito Federal (15)
  • Goiás (13)
  • Bahia (5)
  • Ceará (4)
  • Santa Catarina (4)
  • Rio Grande do Sul (3)
  • Pernambuco (3)
  • Rio Grande do Norte (2)
  • Espírito Santo (2)
  • Tocantins (1)
  • Mato Grosso do Sul (1)
  • Acre (1)

O QUE É CONSIDERADO SURTO?

O surto acontece quando há o aumento repentino do número de casos de uma doença em uma região específica. Para usar esse termo, o aumento de casos deve ser maior que o esperado pelas autoridades.

O Ministério disse em nota que o controle da doença é uma prioridade do órgão, e anunciou que montará um grupo para coordenar a resposta com a participação de várias instituições de saúde, como o Conass (Conselho Nacional de Secretários de Saúde), Conasems (Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde), Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) e a Opas, braço da OMS nas Américas.

AINDA SEM VACINAS:

Até o momento, não há vacinas disponíveis para a doença no Brasil.

QUAIS OS SINTOMAS?

Os sintomas são febre, fadiga, dor de cabeça, dores musculares, ou seja, sintomas semelhantes a um resfriado ou gripe.

Cerca de 1 a 5 dias após o início da febre, aparecem lesões na pele, que são chamadas de exantema, as conhecidas manchas vermelhas. Essas lesões aparecem inicialmente na face, espalhando para outras partes do corpo. Também surge a coceira e aumento dos gânglios.

Lembrando: uma pessoa é contagiosa até que todas as cascas caiam e que a pele esteja completamente cicatrizada, já que as casquinhas contêm material viral infeccioso.

Deixe sua resposta

Your email address will not be published.

Fechar AD