Foto: Reprodução.
///////

Na Sua Casa | Cinco dicas de como tornar a sua casa um ambiente seguro para idosos

Começar

A chegada da terceira idade traz diversos desafios. Dentre eles, está a dificuldade para andar por espaços que apresentem obstáculos físicos, o equilíbrio já não é o mesmo e, em alguns casos, a perda de massa muscular pode tornar a tarefa de transitar pela própria casa um desafio ainda maior. Por isso, nós listamos cinco dicas de como fazer para que a sua casa continue sendo um ambiente seguro para seus pais ou seus avós, que chegaram à terceira idade e, agora, precisam do seu cuidado para a segurança e bem-estar. Anota as dicas!

01 – Cuidado com o piso:

Uma das maiores preocupações quando se tem um idoso em casa se trata das quedas. Por isso, adaptar a casa para que ela se torne segura para que um idoso possa transitar é essencial. Optar por pisos antiderrapantes é um primeiro passo e já diminui bastante o risco de quedas. Entretanto, pequenos degraus entre ambientes ou qualquer outra irregularidade no piso também devem ser ajustadas.

O cuidado com a escolha do piso deve ser dobrado. Foto: Reprodução.

Pisos antiderrapantes podem ajudar, e muito, a evitar acidentes domésticos. Nossa dica é pelo Piso Mineral High Embramaco que pode ajudar oferecendo mais segurança e conforto para sua casa.

02 – Ambientes bem iluminados:

Um espaço bem iluminado também é uma boa forma para tentar evitar acidentes. A noite, o uso de luminárias extras podem facilitar a locomoção do idoso pela casa. Lembre-se, eles precisam enxergar claramente o espaço por onde estão transitando e não podem ter obstáculos pelo caminho, por isso, indicamos luminárias suspensas ou nas paredes, nunca pelo meio do caminho.

A iluminação precisa oferecer segurança. Foto: Reprodução.

Para ajudar na iluminação dos ambientes, o mais indicado é optar por lâmpadas de led que oferecem uma luz branca com capacidade de até 810 lumens, como é o caso da Lamp.Led Per-In Bivolt- Br810- P Avant Kit C/6 que conta com pelo menos 25 mil horas de vida útil.

03 – Ambientes com acessibilidade:

Caso não consiga evitar desníveis entre ambientes, degraus pequenos ou rampas antiderrapantes são uma ótima opção para facilitar o acesso. Em caso de casas com mais de um piso, as escadas precisam ser bem iluminadas e possuir corrimão para ajudar com o suporte do idoso.

É necessário ter corrimão em casas com mais de um piso. Foto: Reprodução.

Uma outra forma de tornar as escadas ou rampas mais segurar é utilizar a Safety Walk 3m Cinza que ajuda a prevenir acidentes e escorregões e, para facilitar, tem fácil aderência até mesmo em superfícies irregulares.

04 – Móveis:

Móveis que possuem quinas podem se tornar um problema, procure evitá-los. Entretanto, se tiver, invista em protetores para as pontas. Além disso, prendê-los ao chão pode ser uma opção acessível e segura. Evite mesas e outros móveis de vidro, eles se tornam um risco desnecessário.

Cobrir as quinas dos móveis é mais uma forma de proteção. Foto: Reprodução.

O uso de protetores nas quinas é essencial para evitar baques e machucados. Nós indicamos o Protetor de Quina Bemfixa Borracha, que vem em um kit com quatro protetores e tem um valor acessível de R$ 26,80.

05 – Cuidados com o banheiro:

O banheiro é, possivelmente, o ambiente que mais traz preocupações quando se trata do bem estar e a segurança de idosos. O piso antiderrapante é imprescindível, ele pode evitar a maioria dos acidentes. Outra forma de facilitar a mobilidade do idoso é instalar barras de apoio pelo ambiente, dentro e fora do box.

Adaptar o banheiro é essencial para oferecer conformo e segurança. Foto: Reprodução.

A instalação de barras de suporte podem facilitar na locomoção pelo banheiro, além de oferecer segurança em um ambiente em que o piso, geralmente, se encontra úmido. Nós indicamos a Barra De Apoio Inox Higiban

Deixe sua resposta

Your email address will not be published.

Fechar AD