/

Obras na ponte do Outeiro devem ser concluídas em seis meses

2 minutos lidos

O tráfego de veículos na Ponte de Outeiro deverá ser liberado dentro de três meses. A fase inicial das obras, que consiste no reforço emergencial da estrutura para estabilizar a pista de rolamento, já está em execução. Até o início de março deverá ser feito o teste de carga para avaliar se é possível liberar tráfego de motociclistas, ciclistas e pedestres.

Anúncios

O tempo total para conclusão é de seis meses. Além do mastro, serão realizadas obras em todos os pilares da ponte, na pista de rolamento, no guarda-corpo, na sua estrutura em aço e nas passarelas para pedestres. O projeto da nova ponte contempla ainda a instalação de defensas nos pilares para impedir novos choques de embarcações.

Foto: Divulgação

No último sábado (29), foi assinada a Ordem de Serviço para o início da reconstrução da ponte pelo governador Helder Barbalho. Será colocado um mastro de 50 metros que permitirá a abertura de um canal de navegação de 100 metros, aumentando em 40 metros o espaço atual, que é de 60m.

De acordo com o titular da Secretaria de Estado de Transportes (Setran), Adler Silveira, responsável pela obra, a nova estrutura permitirá a duplicação da ponte a um médio prazo, pois haverá travessas para alargamento da ponte em 20 metros. 

Um consórcio formado por três empresas foi o vencedor da licitação. Systra, Maar e FN Crespo apresentaram acervo técnico, menor preço e reserva financeira. O convite foi feito a nove empresas do ramo de construção civil. O valor da obra de reconstrução da ponte é quase R$ 65 milhões.

Anúncios

Deixe sua resposta

Your email address will not be published.

Anúncios