//

Pecuarista promete a trabalhadores 15° e 16° salário se Bolsonaro ganhar eleição; ele nega compra de votos

Começar

Um vídeo que circula nas redes sociais e que foi publicado pelo jornal Folha de S.Paulo mostra um pecuarista afirmando para funcionários de sua fazenda que pagará salários a mais caso o presidente  Jair Bolsonaro (PL), seja reeleito.

O pecuarista ‘Nelore Cyro’ promete pagar até 16º salário caso Bolsonaro vença no primeiro turno – Imagem: Reprodução

O homem foi identificado como Cyro de Toledo Júnior, proprietário de uma fazenda em Araguaçu, no Tocantins. Nelore Cyro, como é conhecido, afirma que irá gastar R$ 90 mil com “bonificações” se o seu candidato a presidência ganhar as eleições. Segundo ele, são aproximadamente 20 empregados no local.

No vídeo, o fazendeiro acrescenta que, se Bolsonaro ganhar no primeiro turno, eles receberão um 16º salário. “Se o Bolsonaro ganhar, eu sei que vocês vestem a minha camisa, eu dou um 15º salário. E, se ele ganhar no 1º turno, eu dou um 16º salário. Eu quero gente que pensa igual a mim e vista a camisa da fazenda”, afirmou.

O vídeo foi gravado durante reunião com trabalhadores da fazenda.

Veja o vídeo:

Procurado pela Folha, o pecuarista afirmou que não se tratava de compra de votos. “Nós somos todos cabos eleitorais. Aqui na fazenda somos cabos do Bolsonaro. Vamos votar nele. Mas isso foi mais uma brincadeira. Será dado [o valor], mas não vou dar dinheiro para político, vou dar dinheiro para os meus funcionários se o Bolsonaro ganhar. Só isso”, afirmou.

“Se o Bolsonaro ganhar, quero que eles tenham um Natal feliz”, diz, e completa: “não estou comprando voto de ninguém. Só que nós, em peso, votamos no Bolsonaro”.

Por fim, Nelore Cyro afirmou que o ex-presidente e pré-candidato Lula (PT) já disse que invadirá terras no Tocantins e que não gosta do agro, entretanto, ão há nenhuma prova desta afirmação.

Deixe sua resposta

Your email address will not be published.

Fechar AD