////

Pega a Pipoca | 5 filmes dirigidos por Arnaldo Jabor que você não pode perder

5 minutos lidos

Na madrugada desta terça-feira, 15, o Brasil perdeu o jornalista, escritor e cineasta Arnaldo Jabor, aos 81 anos em São Paulo. Jabor estava internado desde de dezembro após sofrer um AVC. Ainda na tarde de ontem, o jornalista foi velado em São Paulo em uma cerimônia íntima e na manhã de hoje, 16, houve uma cerimônia aberta ao público no Museu de Arte Moderna (MAM) no Rio de Janeiro. Arnaldo foi cremado.

Anúncios

Em homenagem à sua obra, o BT preparou uma lista com os cinco principais filmes dirigidos Arnaldo Jabor e onde assistir.

Toda Nudez será castigada – 1973

Toda Nudez será castigada – 1973. Imagem Reprodução internet

Adaptação de peça escrita por Nelson Rodrigues, o longa foi estrelado por Paulo Porto, Darlene Glória e Paulo César Peréio.

O filme conta a história de Herculano, um viúvo religioso que se encontra em um dilema quando seu irmão, no intuito de ajudá-lo, marca um encontro com a prostituta Geni. O homem se apaixona por Geni, causando um alvoroço na família, especialmente com seu filho único, Serginho, que se recusa a aceitar o novo relacionamento do pai.

Anúncios

“Toda Nudez será castigada” foi Vencedor do Urso de Prata no Festival de Berlim, e foi censurado pela ditadura militar.

ONDE VER, BT? O filme pode ser encontrado completo no You Tube clicando aqui e também no Net Now.

Tudo bem – 1978

Anúncios
Tudo bem – 1978. Imagem: Reprodução internet

Clássico do cinema nacional, o filme é protagonizado por grandes nomes do cinema nacional como Fernanda Montenegro, Paulo Gracindo, Zezé Motta, Maria Sílvia, Stênio Garcia, Luiz Fernando Guimarães e Regina Casé.

Vencedor do Candango de melhor filme do Festival de Brasília, o longa conta sobre o conflito de classes decorrente da convivência forçada entre uma típica família de classe média carioca e os operários que trabalham na reforma de seu apartamento em Copacabana.

Anúncios

ONDE VER, BT? “Tudo bem” também está disponível completo no you tube e pode ser visto clicando aqui. O streaming está disponível no Net Now e Vivo Play.

Eu te amo – 1981

Eu te amo – 1981. Imagem reprodução internet

O longa protagonizado por Sônia Braga é uma obra intimista sobre Paulo, um homem que é abandonado pela mulher e anda pela cidade fora de si até conhecer a prostituta Mônica, que, decepcionada com o amante, se deixa seduzir. O casal vive um tórrido romance, mas revela-se perturbado por questões de amor, solidão e poder.

O elenco também conta com Paulo César Peréio, Vera Fischer, Tarcísio Meira e Regina Casé. Vencedor de quatro Kikitos no Festival de Gramado de 1981, incluindo melhor atriz para Braga.

ONDE VER, BT? Disponível no Net Now e Vivo Play.

Eu sei que vou te amar – 1986

Eu sei que vou te amar – 1986. Imagem: Reprodução Internet.

Estrelado por Fernanda Torres, o longa conta a história de um jovem casal que termina o relacionamento após seis anos juntos. Eles se reencontram três meses depois da separação para discutir a relação.

ONDE VER, BT? Disponível no Net Now e Vivo Play.

A suprema felicidade – 2010

“A suprema felicidade” foi o último filme de Arnaldo Jabor que chegou aos cinemas. Estrelado por Marco Nanini, também tem no elenco Mariana Lima, Dan Stulbach, João Miguel e Maria Flor. Descrito pelo próprio cineasta como seu “Amarcord”, em referência ao clássico de Federico Fellini, “A suprema felicidade” é um retorno à sua própria infância.

ONDE VER, BT? YouTube, Net Now e iTunes.

Deixe sua resposta

Your email address will not be published.

Anúncios