//

PM que matou familiares no Paraná enviou áudio para amigos antes do crime

Começar

Um policial militar identificado como Fabiano Júnior Garcia, de 37 anos, matou oito pessoas na madrugada desta sexta-feira, 15, em Toledo,  região oeste do Paraná.

Segundo informações da Polícia Militar, entre as vítimas do autor do crime estão os seus três filhos, a esposa, a mãe, o irmão e outras duas pessoas, que não tinham parentesco. O PM cometeu suicídio em seguida.

Fabiano trabalhava no 19º Batalhão de Polícia Militar de Toledo e estava há 12 anos na corporação.

ÁUDIO ENVIADO AOS AMIGOS:

Antes de cometer o crime, Fabiano Júnior Garcia enviou um áudio aos seus amigos segundo o Comando da Polícia Militar. Ele teria dado a entender que a motivação seria o fim do relacionamento com a esposa.

O assassino da esposa e dos filhos diz no áudio: “Família, me desculpa, mas não conseguiria viver mais sem a Kassiely. Ela não estava mais se importando pelo jeito que iria lidar com ela, se eu iria dar atenção ou não. Deu a entender que não daria mais atenção pra mim”, afirmou.

Ouça:

PM EMITE NOTA SOBRE O CASO:

A Polícia Militar enviou uma nota para a imprensa sobre o crime. No documento, é informado que a MP lamenta o crime e que disponibiliza atendimento psicológico aos militares: “A Polícia Militar está consternada e lamenta profundamente o ocorrido nas cidades de Toledo-PR e Céu Azul-PR.

O policial militar que prestava serviços no 19º Batalhão em Toledo não tinha histórico de problemas psicológicos e atuava como motorista do Coordenador do Policiamento da Unidade.

Desde dezembro de 2020 a região conta com o apoio do programa PRUMOS, que disponibiliza atendimento psicológico aos militares, com profissionais contratados para atuar nas Organizações Policiais Militares.”

Deixe sua resposta

Your email address will not be published.

Fechar AD