//

Polícia Civil prende cinco pessoas e recupera 32 celulares no carnaval de Óbidos

3 minutos lidos

Na noite de domingo, 11, durante os festejos de carnaval no município de Óbidos, no oeste do Pará, dois homens e três mulheres foram presos em flagrante pela Polícia Civil (PCPA) suspeitos de integrarem um grupo criminoso que furtava aparelhos celulares de foliões. Durante o trabalho investigativo, 32 smartphones foram recuperados.

Anúncios

Para o delegado-geral Walter Resende, o excelente trabalho de identificação de suspeitos e recuperação dos celulares é fruto do compromisso dos servidores com a população paraense. “Nossos policiais civis agiram rápido e conseguiram dar a resposta que a sociedade aguardava, prender os envolvidos e recuperar os bens subtraídos”, comentou o gestor.

Cinco pessoas foram presas na operação policial. Imagem reprodução: PCPA.

O delegado Jamil Casseb, superintendente da PCPA no Médio e Baixo Amazonas, destacou a importância dos registros de boletins de ocorrências (B.O), que ajudaram na identificação dos suspeitos e recuperação dos bens subtraídos. “Após registros de diversos boletins de ocorrência relatando furtos de aparelhos celulares de foliões, nossas equipes que integram o reforço de carnaval iniciaram as buscas pelos suspeitos, obtendo êxito em recuperar 32 celulares e prender cinco autuados”, contou.

Policias recuperaram 32 celulares na folia de carnaval em Óbidos. Imagem reprodução: PCPA.

CUIDADO PARA NÃO SER ROUBADO

O delegado Hennison Jacob, diretor da Polícia do Interior (DPI), enfatizou que durante esse período, o cidadão precisa ficar atento para não ser vítima, pois há criminosos que aproveitam a grande movimentação e distração de foliões para praticar furtos, roubos e outros delitos.

Anúncios

“Com o aumento no fluxo de pessoas que se deslocam para curtir o carnaval, especialmente para o interior, reforçamos o efetivo de servidores em várias regiões do Estado, para garantir que os foliões possam desfrutar dos blocos e festas com tranquilidade. Mas orientamos que o cidadão redobre a atenção, pois há criminosos que aproveitam a distração para praticar diversos delitos”, concluiu.

Após a prisão, foram lavrados os procedimentos legais cabíveis e os presos se encontram à disposição da Justiça.

*Feito com informações de PCPA.

Anúncios

Deixe sua resposta

Your email address will not be published.

Anúncios