//

Policial que matou tesoureiro do PT a tiros é transferido de hospital no Paraná

Começar

O policial penal federal Jorge Guaranho, que matou a tiros o tesoureiro do Partido dos Trabalhadores em Foz do Iguaçu, no Paraná, na noite do último sábado, 8, foi transferido de hospital.

Jorge Guaranho (foto) invadiu uma festa de aniversário do guarda municipal e tesoureiro do PT Marcelo Arruda

A mudança de local aconteceu na noite desta segunda-feira, 11. Guaranho foi transferido do Hospital Municipal de Foz do Iguaçu para o Hospital Ministro Costa Cavalcante. A informação foi divulgada pelo portal G1 da região TV PRC.

Segundo as informações da Secretaria de Segurança Pública do Paraná, o estado de saúde de Guaranho é grave, porém estável. A princípio, foi anunciado que o policial tinha morrido no dia do crime, entretanto, a informação foi corrigida pela própria polícia horas depois.

Na última segunda-feira, 11, a Justiça decretou a prisão preventiva de Guaranho.

Ele será indiciado por invadir a festa de aniversário de Marcelo Arruda, e atirar contra ele após gritar palavras de ordem e frases como “Aqui é Bolsonaro!” e “mito”. A festa que foi invadida tinha como tema o PT e fazia várias referências ao ex-presidente e pré-candidato ao Planalto Luiz Inácio Lula da Silva. Marcelo Arruda morreu no local.

Deixe sua resposta

Your email address will not be published.

Fechar AD