///

Ponte do Rio Meruú é inaugurada na região do Baixo Tocantins

A obra vai beneficiar a população dos municípios de Mocajuba, Baião, Cametá e Igarape-Miri.

4 minutos lidos

A ponte “Gerson Peres” localizada sobre o Rio Meruú, foi inaugurada na manhã de hoje, 24, pelo governador do estado, Helder Barbalho. A obra fica localizada no limite entre os municípios de Igarapé -Miri e Mocajuba, na região do Baixo Tocantins e a inauguração era aguardada pela população da região.

Anúncios

Localizada na PA-151, a nova via integrará a região com a Grande Belém, beneficiando diretamente 12 municípios: Igarapé-Miri, Mocajuba, Barcarena, Abaetetuba, Cametá, Baião, Moju, Belém, Ananindeua, Marituba, Benevides e Santa Izabel.

Antes da inauguração da obra, o deslocamento no local era feito por meio de balsas e outros transportes fluviais, o que causava muita dificuldade no deslocamento e horas incalculáveis de espera, um prejuízo inclusive financeiro para a quem precisava fazer a travessia, já que o transporte da balsa era pago.

Imagem: Reprodução Agência Pará

O percurso de uma margem a outra do rio Meruú que levava cerca de uma hora por balsa, agora é feito em 38 segundos por veículos. Vantagem não apenas no tempo, mas por consequência econômica, para toda a população que vive no Baixo Tocantins e depende da travessia para transporte de produtos.

 “Sem a ponte, a indústria enfrentava muitas dificuldades, já que trabalhamos com um produto perecível. A demora na travessia fazia aumentar o tempo de exposição do fruto à chuva e ao sol, prejudicando muito o produto final. Agora, teremos essa realidade melhorada. Já cheguei a pagar até R$ 2 mil por dia para atravessar nossos caminhões em tempo de safra, então esse valor acabava indo para o preço final do produto”, disse Edison Irmão, coordenador de logística de uma empresa de açaí localizada na cidade.

Anúncios

Imagem: Reprodução Agência Pará.

I A ponte, como é?

A estrutura tem 560 metros de extensão, e fica no quilômetro 100 da PA-151, contendo 15 pilares para apoio e sustentação do tabuleiro que receberá o tráfego de veículos. A obra recebeu o nome “Gerson Peres” em homenagem ao ex-deputado federal paraense, que faleceu no ano de 2020. Durante a entrega de hoje, filhos e netos do político foram homenageados. Cada um recebeu uma miniatura da placa da ponte Meruú.

Imagem: Reprodução Agência Pará

A obra atende uma demanda que se estendeu desde a construção da estrada há mais de duas décadas.

Anúncios

Para evitar acidentes com choque de embarcações, como aconteceu com a ponte de Outeiro em Janeiro deste ano, a estrutura da obra foi construída com dolfins de proteção dos seus pilares. Os dois vãos centrais para navegação da ponte Gerson Peres podem receber embarcações de até oito metros de altura e até 30 metros de largura.

A PA-151 pode ser acessada por meio das PAs 481, 483, 403, 252, 407, 467, 469, 256, 471 e 258 e ainda pela Alça Viária.

Anúncios

Deixe sua resposta

Your email address will not be published.

Anúncios