///

Poplist | Bar onde mulher foi racista com filhos de Giovanna Ewbank emite nota de repúdio

Começar

O bar Clássico Beach Club, localizado em Portugal, onde aconteceu o ataque racista de uma mulher contra os filhos de Giovanna Ewbank e Bruno Gagliasso neste sábado, 30, emitiu nota oficial sobre o caso.

O estabelecimento repudiou o crime e se colocou à disposição da família e dos turistas que também foram vítimas, se prontificando a divulgar todas as imagens registradas pelas câmeras locais.

LEIA A NOTA 

“O Clássico Beach Club vem pela presente repudiar as condutas criminosas e racistas praticadas por uma mulher branca contra os filhos de Giovanna Ewbank e Bruno Gagliasso, além de turistas angolanos que estavam no nosso restaurante em Portugal. O Clássico Beach Club prestou toda a assessoria às vítimas e se coloca à disposição para fornecer as imagens e auxiliar na responsabilização da criminosa, que foi presa em flagrante. Lamentamos que em 2022 tais condutas ainda sejam perpetradas e reforçamos nosso compromisso em combater práticas racistas e discriminatórias. Informamos ainda que esta pessoa está banida dos restaurante da rede”.

ENTENDA 

Giovanna Ewbank disse que seus filhos foram vítimas de racismo em um restaurante na Costa da Caparica, em Portugal, neste sábado (30). Segundo a atriz, uma mulher xingou Bless e Titi, seus filhos com Bruno Gagliasso, e um casal de turistas angolanos que estava no lugar.

A mulher foi detida no mesmo dia do crime, mas já teria sido liberada, segundo um jornal português. A polícia constatou que ela estava alcolizada.

Deixe sua resposta

Your email address will not be published.

Fechar AD