/

Protesto de rodoviários da empresa São Luiz acontece na manhã desta quinta-feira, em São Brás

Começar

Os trabalhadores rodoviários da empresa de transporte São Luiz, estão realizando um protesto que interditou um trecho da avenida Almirante Barroso, no bairro de São Brás, em Belém, na manhã desta quinta-feira, 7.

A empresa São Luiz é responsável pelas linhas: Canudos – Praça Amazonas II (Tucunduba) e Canudos – Presidente Vargas. Os trabalhadores afirmam que o protesto é por atraso nos pagamentos dos funcionários e também pedido de reajuste. As atividades dos trabalhadores estão paralisadas desde o dia 13 de junho.

O BT entrou em contato com o Sindicato das Empresas de Transportes de Passageiros Belém (Setransbel) que declarou em nota: “O Setransbel ressalta que o desequilíbrio financeiro das empresas, provocado pela redução na tarifa técnica, resulta na impossibilidade de honrar com os altos custos do sistema de transporte. A crise no setor vem sendo agravada, e o reflexo é a falta de recurso das empresas para pagar seus compromissos, em razão da ausência de definição das desonerações e subsídios previstos pela Prefeitura de Belém que iriam recompor a tarifa técnica definida em R$ 5,01 pela Semob, e aprovada pelo Conselho de Transporte. O prejuízo mensal do sistema já ultrapassa R$18 milhões, impedindo ações que poderiam melhorar a prestação do serviço, como a renovação da frota. Além disso, a redução do ICMS não beneficiou o preço do diesel, que permanece em 17%.

Sobre a ordem de serviço, o número está defasado. No último cálculo tarifário feito pela Semob foi utilizado um número inferior que atualiza a ordem de serviço.

Quanto à quantidade de veículos em circulação, de acordo com a lei n.° 7.475, de 28 de dezembro de 1989, “o planejamento, a operação, o ordenamento, o controle e a fiscalização do Serviço Regular de Transporte Coletivo por Ônibus do Município de Belém, compete à Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana de Belém (SeMOB)”.

Por fim, aguardamos que o poder público priorize o socorro ao sistema de transporte, que gera milhares de empregos diretos e garante o transporte diário para a população”.

Deixe sua resposta

Your email address will not be published.

Fechar AD