///

Sumiço do Cara Torta: prefeitura de Ananindeua diz que não irá intervir pois é ‘questão pessoal’ do funcionário

3 minutos lidos

A prefeitura de Ananindeua respondeu ao Belém Trânsito o questionamento envolvendo o funcionário DAS do município, que está sendo acusado por moradores do Conjunto Natália Lins, no bairro Mangueirão, em Belém, de ter sumido com o cachorro conhecido como Cara Torta. Segundo a prefeitura, por se tratar de uma questão do âmbito pessoal do funcionário, a administração não tomará nenhuma providência. 

Anúncios

A nota diz que o ato dele não é administrativo e sim pessoal e que, neste caso, a prefeitura não responde por ele. “Se fosse um ato administrativo dele enquanto servidor, aí sim haveria alguma ação administrativa”, informou a prefeitura. 

Mesmo entendendo que trata-se de um possível crime de maus tratos, o poder municipal de Ananindeua diz que não irá intervir: “como ele está sendo acusado de levar o animal de um local para o outro, ou seja, configura-se maus tratos, é uma questão pessoal dele”, finalizou o comunicado.

Cara Torta está desaparecido desde o dia 28 de janeiro, quando foi levado pelo vice-síndico do conjunto Natália Lins para outro local. O homem, no entanto, se nega a informar os moradores para onde levou o cachorro. Por este motivo, os moradores, que cuidavam do animal de forma comunitária, suspeitam que ele tenha abandonado o cachorro. 

Cara Torta está desaparecido desde o dia 28 de janeiro. Foto: Reprodução

O suspeito chegou a dizer a uma moradora que tinha levado o cão para o Zoonozes. Após questionar novamente o homem com o argumento de que o centro não recebe animais desta forma, ela recebeu a resposta de que ele não era obrigado a dar informações e que estava amparado pela Constituição Federal. 

Anúncios

A moradora então decidiu registrar o boletim de ocorrência no dia 31 de  janeiro. O vice-síndico chegou a ser intimado a prestar depoimento, mas não compareceu apresentando a justificativa de que está com covid-19. 

A Delegacia de Meio Ambiente e Proteção Animal (Dema) informou que o funcionário do condomínio, que teria ido junto com o vice-síndico levar Cara Torta para outro local, irá depor nesta segunda-feira, 7. O vice-síndico deverá apresentar o atestado médico e ser ouvido no dia 20 de fevereiro.

Deixe sua resposta

Your email address will not be published.

Anúncios