///

Suspeitos de participarem de série de homicídios em Altamira no mês de maio são presos, diz Segup em coletiva

Começar

Nesta quinta-feira, 23, a Secretaria de Segurança Publica do Estado realizou uma coletiva para divulgar informações a respeito da série de mortes que ocorreram no município de Altamira no mês de maio. De acordo com o titular da pasta, Uálame Machado, pelo menos 12 pessoas foram assassinadas por criminosos

A operação Impacto, reunindo varios órgãos de segurança, foi montada na região para investigar as mortes que aconteceram entre 2 e 14 de maio. Todos os crimes tiveram características de execução e estavam ligados à facções criminosas, segundo declarou à época o governador Helder Barbalho.

Criminosos fazem chacina em bar de Altamira; quatro pessoas morreram no dia 14/5. Vídeo: Reprodução

A Polícia Civil revelou na coletiva que o confronto entre grupos criminosos deu início à série de homicídios na cidade. Um integrante de um dos grupos foi assassinado, desencadeando uma revanche entre as facções. Nove das 12 mortes já foram esclarecidas e 5 pessoas foram presas até agora. Um suspeito está foragido.

Os suspeitos presos se identificam como pertencentes aos grupos criminosos e as investigações continuam. A Polícia científica vai avaliar se as armas apreendidas – um revólver 38 e uma pistola.380, além de 39 estojos e 9 projéteis – são a mesmas utilizadas nos crimes. Os projéteis retirados dos corpos das vítimas também serão examinados.

Redução de crimes violentos

A Segup ressaltou que houve redução de crimes violentos desde a série de assassinatos em Altamira. De 15 a 31 de maio e de 1º a 10 de junho não ouve ocorrências do tipo no estado, de acordo com o órgão.

Deixe sua resposta

Your email address will not be published.

Fechar AD