/////

TRE-PA lança conteúdo alertando eleitores sobre ‘fake news’

Começar

O Tribunal Regional Eleitoral do Pará (TRE-PA) divulgou nesta terça-feira, 5, um conteúdo explicativo sobre desinformação. A campanha de combate à fake news visa orientar os eleitores sobre as informações propagadas nesse período de campanha eleitoral.

O vídeo alerta a população a verificar a veracidade das informações recebidas, já que as fake news são notícias que têm aparência de conteúdo jornalístico, mas são mentirosas: “É uma mentira com cara de verdade”, alerta o TRE-PA.

O objetivo das informações falsas produzidas é transformar uma informação falsa em algo verdadeiro, para induzir as pessoas ao erro. “Antes de compartilhar qualquer informação, verifique a origem dela”, finaliza o conteúdo.

TRE-PA lança conteúdo sobre ‘fake news’ nas eleições. Vídeo: TRE-PA

DENÚNCIAS

O TSE lançou um sistema para receber denúncias de conteúdos falsos sobre as eleições. Por meio do Sistema de Alerta de Desinformação Contra as Eleições, qualquer cidadão poderá comunicar à Justiça Eleitoral o recebimento de notícias falsas, descontextualizadas ou manipuladas sobre o processo eleitoral brasileiro. 

No Sistema de Alerta de Desinformação, o eleitorado poderá reportar informações equivocadas sobre a participação nas Eleições Gerais de 2022, como distorção dos horários, locais e documentos exigidos durante a votação, por exemplo.

Também será possível comunicar o uso de contas falsas que utilizem a imagem da Justiça Eleitoral para compartilhar materiais enganosos relativos ao pleito e postagens com discurso de ódio ou qualquer tipo de incitação à violência que visem atacar a integridade eleitoral e os agentes públicos envolvidos no processo.

A ferramenta receberá ainda denúncias de ameaças às seções eleitorais, cartórios ou prédios da Justiça Eleitoral e de informações não verificadas sobre supostas fraudes eleitorais, adulteração e contagem de votos ou certificação dos resultados da eleição.

INFRAÇÕES

Para utilizar o sistema, basta descrever o ocorrido, assinalar a plataforma onde a mensagem circulou e, se houver, informar o link da postagem com o conteúdo falso ou ofensivo.Infrações eleitorais relacionadas à propaganda eleitoral ou mensagens desinformativas contra candidaturas deverão ser reportadas no aplicativo Pardal, que também já está disponível para download na Google Play e na Apple Store.

Deixe sua resposta

Your email address will not be published.

Fechar AD