///

Usuários denunciam problemas nas estações do BRT e Semob responde

7 minutos lidos

Usuários do BRT Metropolitano na região metropolitana de Belém denunciam constantes problemas que prejudicam o ir e vir e o usufruto do serviço. “O BRT não está fazendo recarga, ou seja, só conseguimos entrar pagando uma passagem porque não estão carregando o Passe Fácil, já tem umas três semanas isso. Ligo para a Semob e não resolvem. Está largada às traças o BRT”, reclama uma usuária.

Anúncios

A mesma denunciante também reclama da estrutura física das estações e de problemas para receber troco. “Tem problemas no piso também, se leva topada, é arriscado de cair. Tem que levar dinheiro trocado porque não se consegue carregar o cartão porque o sistema fica fora e eles não tem troco”, completa.

Estações estão há quatro dias sem luz, usuários ficam no escuro. Equpamentos danificados e piso solto, está entre os problemas denunciados. Imagem reprodução.

ESTAÇÕES SENDO SAQUEADAS DIARIAMENTE

Além de problemas de sistema e estrutura, os usuários também denunciam que as estações são saqueadas constantemente e não há segurança.

” As estações do BRT Metropolitano vem sendo saqueadas há muito tempo, todas as noites. Em janeiro, no dia 20, ladrões levaram toda a fiação, todos os equipamentos de internet, prejudicando o funcionamento das catracas mais uma vez, da estação Mauriti e de outras. Essa situação já vem acontecendo há muito tempo. Todos os dias os usuários são prejudicados em seu funcionamento e na segurança. Estão abandonadas pelo poder público. Já levaram lâmpadas, câmeras de monitoramento, até portas de vidro. As estações ficam semanas no escuro. Não existe segurança”, relatou outro usuário.

Anúncios

Sobre a estrutura, somado a todos os outros problemas, o usuário disse: “Os banheiros estão sujos e as fossas das estações e terminais nunca foram esvaziados. Só fazem uma gambiarra pra voltar a funcionar no outro dia”, explana.

Ou seja, sintetizando os problemas, são os seguintes:
– Fiação elétrica sendo furtada todas as madrugadas; – Portas quebradas, soltas ou furtadas; – Equipamentos de internet e das catracas sendo furtadas; – Nobreak furtado; – banheiro com portas quebradas; – material de higiene das estações sendo comprados pelos funcionários da Passe Fácil, por vezes, e problemas com o recebimento de salários, vale transporte e vale alimentação
; – sem luz nas estações Antônio Baena, Humaitá Norte, Mauriti Sul, Bosque Sul, Marinha, segundo relatos recentes.

O BT entrou em contato com a Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana de Belém (Semob) sobre os problemas revelados nesta matéria. Em nota, o órgão reconheceu que diariamente as estações são furtadas, o que prejudica o funcionamento das Estações. A Guarda Municipal também respondeu ao nosso contato.

Anúncios

Confira as notas na íntegra abaixo:

“A Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana de Belém (Semob) informa que as recargas de cartões nas estações do BRT ficam prejudicadas, em função dos recorrentes furtos de cabos de energia, que comprometem o fornecimento de energia elétrica e o sistema das estações. A Semob comunica que os furtos são registrados quase diariamente. No domingo, dia 4 de fevereiro, por exemplo, foram sete ocorrências. A autarquia informa que no período de 14 de junho de 2023 a 20 de janeiro de 2024, já foram 93 ocorrências de furtos registradas, para a abertura de inquérito policial e apuração e identificação dos responsáveis pelo ato criminoso. Na medida que os furtos ocorrem, a autarquia trabalha para solucionar, quanto antes, o problema para minimizar o impacto ao usuário. A autarquia solicitou à Guarda Municipal de Belém (GMB), que intensifique o policiamento nessas estações, a fim de coibir esses delitos. A Semob esclarece que a Prefeitura de Belém gerencia o sistema BRT Municipal, composto por quatro terminais e 25 estações em operação ao longo das avenidas Augusto Montenegro e Almirante Barroso. O BRT Metropolitano está em fase de implantação pelo governo estadual. A Semob, na medida do possível, busca solucionar rapidamente a situação, fim de minimizar o impacto ao usuário do sistema. A autarquia informa que houve um atraso no fornecimento de material de higiene, porém, já sendo resolvido. A autarquia informa que as estações não têm banheiros para os usuários, pois, são de exclusividade para os funcionários. Somente nos terminais existem banheiros de uso dos usuários, que se encontram em condições. Quanto às demandas trabalhistas, devem ser resolvidas entre empregados e empregador. O que é acompanhado pela autarquia”.

Anúncios

“Em relação à segurança nas estações do BRT, a Guarda Municipal de Belém (GMB) informa que atua nesses espaços com rondas por meio de viaturas e motos. A GMB vai intensificar a segurança nos locais e reforça que a população pode acionar as equipes de segurança também pelo número 153 a qualquer hora do dia”.

Deixe sua resposta

Your email address will not be published.

Anúncios